Marília Mendonça apresenta "Ciumeira"

Seguindo a linha da "Sofrência", Marília Mendonça apresenta a canção "Ciumeira"

Confira a letra, ouça e faça o download aqui no Sertanejo Bão:

No começo, eu entendia
Mas era só cama, não tinha amor
Lembro quando você dizia
Vou desligar porque ela chegou

E a gente foi se envolvendo, perdendo o medo
Não tinha lugar e nem hora pra dar um beijo
Coração não tá mais aceitando
Só metade do seu: Te amo

É uma ciumeira atrás da outra
Ter que dividir seu corpo e a sua boca
Tá bom que eu aceitei por um instante
A verdade é que amante não quer ser amante

É uma ciumeira atrás da outra
Ter que dividir seu corpo e a sua boca
Tá bom que eu aceitei por um instante
A verdade é que amante não quer ser amante
É uma ciumeira atrás da outra

Marília Mendonça - Ciumeira