“Vaza Daqui”, novo clipe de Pris Elias

Pris Elias lançou em seu canal do YouTube e nas plataformas digitais o videoclipe da música: “Vaza Daqui”. Com participação especial da nova voz do Urban, King, artista carioca ativista do movimento feminista, o hit foi composto pela própria cantora e Mister Jam.

A direção de cena ficou por conta de Bernardo Rocha, executiva de Rodrigo Cook e criação sob a tutela de Helen Negrão. O vídeo mostra mulheres de todas as idades e estilos com seus rostos pintados com cores do universo, ilustrando o empoderamento feminino e ressaltando frases como “Seu corpo, suas regras", "Você pode tudo", "Direitos iguais", "Nem Uma a Menos", "Mexeu com uma, mexeu com todas” e muitas outras.

Engajada na questão dos direitos iguais entre homens e mulheres a música fala sobre uma mulher que se cansa dos comportamentos negativos de seu parceiro e toma a decisão de mandá-lo embora de sua vida de forma definitiva. Trata, de forma simples e direta, da mulher se assumir e não se sujeitar a um homem que não soube valorizá-la.

“Acredito que todo ser humano tem o direito de ser quem é e viver sua verdade, no entanto em meio a tantas crenças socialmente enraizadas, muitos de nós esquecemos quem somos e não nos permitimos lutar por nossas verdades. A luta atual das mulheres, bem como a dos homossexuais, dos negros e de tantas outras minorias que tiveram seus direitos tolhidos em algum momento da história humana, é nada menos que a busca pela essência de cada um.   Vivemos um momento em que o empoderamento feminino é importante não apenas para as mulheres, que passam a ter direitos e condições cada vez mais igualitárias às dos homens, mas também é essencial ao mundo, já que o equilíbrio das forças masculinas e femininas traz consigo o equilíbrio de forças opostas que são igualmente necessárias para a cura de um planeta doente, em que a força, o ímpeto pelas conquistas e o pensamento lógico e racional (na cultura chinesa características “yang”, energia masculina) subjugou a sensibilidade, intuição, o acolhimento e a introspecção (“ying”, energia feminina). Não é por acaso que o movimento feminista ganha cada vez mais força no Brasil e no mundo. O homem povoou e dominou o mundo, mas a falta de sensibilidade e de um entendimento mais profundo sobre sua existência, coloca todo ecossistema, do qual ele depende em risco. O feminismo em uma análise mais profunda e contextualizada vem para nos lembrar de que a busca por esse equilíbrio já não pode ser mais adiada. Sem ele, em pouco tempo nada do que conquistamos terá importância alguma”, explica Pris.

 

Sobre Pris Elias

Fundou a Mixtape há oito anos, seu primeiro projeto autoral, conquistou espaços em mídias de renome pelo Brasil. A banda era voltada para o pop rock. Sempre antenada e admiradora do pop internacional, buscou gravar seu último EP com nomes importantes desse cenário. A produção vocal ficou para Drew K, que trabalhou com Miley Cyrus e Ariana Grande. A mixagem foi realizada por Jaycen Joshua que fez o single “Ladies” da Beyonce (entre outros grandes hits) e a masterização aconteceu com Chris Gheringer que já masterizou nomes como Michael Jackson, Lady Gaga, Madonna, Katy Perry, Rihanna, Maroon 5, e a grande maioria dos artistas do pop americano.

Através da sua banda e do EP "Pris Elias" conquistou o reconhecimento atual através das mídias sociais. Seus dois clipes em carreira solo, somados no YouTube ultrapassam mais de meio milhão de views e as redes superam a marca de 250k seguidores.