Matheus Calil e Viola Show recebem o prêmio Inezita Barroso

 

A Solenidade de premiação aconteceu na manhã da última sexta-feira, dia 23 de junho na Assembleia Legislativa na capital paulista.

A escolha dos ganhadores foi realizada pela comissão de Educação e Cultura da Assembleia e usou como principal critério a efetiva contribuição dos indicados para a música caipira e a cultura sertaneja.

“O prêmio Inezita Barroso, outorgado ao Matheus Calil e ao Viola Show, faz justiça a um empresário idealista, empreendedor e determinado na defesa e propagação da cultura sertaneja”, enfatiza o deputado Welson Gasparini.

O empresário Matheus Calil hoje com 44 anos, nasceu ouvindo música sertaneja raiz, sempre gostou da lida de boiada, da vida no campo e da simplicidade dos temas rurais. Estudou administração na FEA-USP, realiza eventos de grande porte e é colecionador de Lp´s de música caipira possuindo atualmente mais de 1.200 exemplares, muitos deles antológicos e raríssimos.

Durante a solenidade, houve música caipira apresentada ao vivo por violeiros e artistas que homenagearam a cantora e apresentadora Inezita Barroso (04/03/1925 – 08/03/2015) que faleceu em março de 2015 aos 90 anos deixando um legado de muita contribuição para a autêntica música sertaneja.

Representando a família de Inezita Barroso, participaram da solenidade, a filha Marta e a neta Paula que se emocionaram muito ao relembrarem grandes passagens da vida da saudosa Inezita.

Inezita Barroso foi uma das cantoras brasileiras de maior destaque, sempre defendendo e valorizando a música de raiz sertaneja, gravou mais de 80 discos e também apresentou o famoso programa “Viola, minha viola”.  Seu trabalho possui obras que se tornaram imortais!

“Vivi momentos de fortes emoções ao receber esse prêmio dentro da Assembleia Legislativa de São Paulo ao som de berrante e da autêntica música raiz e ao poder discursar dentro da “casa do povo” paulista. Enfatizei que defenderemos a nossa cultura sertaneja com cada vez mais entusiasmo. Esse prêmio é de todos nós que vivemos no interior e temos o sertão em nosso DNA” afirma Matheus Calil, com muita gratidão.

Na foto: Wilson Gasparini, Bruna Viola, Matheus Calil, Dr. Marcelo Rodrigues.