Amado Batista provoca polêmica

Amado Batista deixou Fábio Porchat inquieto nessa quarta feira (05/04) durante Programa do Porchat na Rede Record.

O cantor Amado Batista, que foi preso e torturado durante a ditadura militar, usou o talk-show para expor sua opinião em relação ao retorno do controle militar no país. "Prefiro a ditadura a essa anarquia que está hoje", disse.

O cantor aproveitou a ocasião para declarar em quem votará na próxima eleição presidencial. 

Amado Batista é goiano e apesar de ser um cantor popular, tem participação ativa na música sertaneja, inclusive a primeira música de sucesso da dupla Leandro e Leonardo, "Solidão", foi composta pelo cantor Zezé di Camargo (Zezé Di Camargo e Luciano) especialmente para o cantor. A música não foi gravada por ele, porém o sucesso da música colocou a dupla "Leandro e Leonardo" no haal dos grandes artistas, tanto que o próprio Amado Batista, regravou a canção "Eu Juro" no CD que homenageava o cantor "Leandro", morto em 1998.

Confira o video da entrevista.