Os últimos 36 Anos de música sertaneja

Sei que vou criar uma polêmica, mais vamos lá. Resolvi dar uma pesquisada nos ultimos 36 anos da música sertaneja e o que descobri é impressionante. Algumas canções marcaram épocas, mudaram os rumos da música sertaneja e da música brasileira de um modo geral. Na década de 80 com a propagação da FM, a música sertaneja ficou relegada somente ao AM, até que em 83 a música "Fio de Cabelo" da dupla Chitãozinho e Xororó ganhou o Brasil todo, abrindo espaço para outras músicas sertanejas no rádio FM que começava a ganhar força. Somente na década de 90 é que de fato o sertanejo deslanchou nas Fm e saiu exporadicamente dos horários fixos de 5 as 7 da manhã e de 17 as 19 horas.

Entrando na faixa comercial o sertanejo ganhou mais força e incorpou, dando abertura e servindo como referência para novas duplas, que no final da década de 90, inicio dos anos 2000, iniciaram suas carreiras, inspirando a geração mais nova, que hoje se encontra na casa dos 22 a 27 anos, como Marilía Mendonça, Gusttavo Lima, Luan Santana, etc.

Nessa seleção ficaram diversas músicas de artistas como "Alan e Aladin", Althair e Alexandre (Ataíde e Alexandre), Gilberto e Gilmar, Matogrosso e Mathias, Duduca e Dalvan, Almir Satter Sérgio Reis, Marcos e Fernando, etc, que poderiam e tem seus respectivos lugares de destaque na história da música sertaneja.

Fato que toda vez que fazemos uma seleção, deixamos de lado uma parte importante da história, porém isso não tira nenhum mérito dos artistas e de suas músicas, que também fizeram sucesso no mesmo ano e que até hoje são muito bem executadas em todo o Brasil.

As canções da lista abaixo foram marcantes, pois apresentaram uma migração do rural para o sertanejo romântico e passa a contar fatos do cotidiano urbano, ao invés da "lida na roça", como é o caso da música "Sonho de Um Caminhoneiro", composta por Neil Bernardes e Chico Valente e lançada pela dupla Milionário e José Rico em 1981, ela mostra claramente isso, as histórias que eram então sobre "carros de boi", "boiadas", "tropas", estradas de terra barrita, passam agora a falar da rotina de um caminhoneiro, pelas estradas, agora asfaltadas e não menos perigosas.

Segue a lista dos destaques dos últimos 36 anos. Fique a vontade para mandar sua sugestão pra gente.

Agora com a propagação da internet e das redes sociais a música sertaneja ocupou de fato o seu lugar de destaque e se tornou de fato, o genêro musical mais amado pelos brasileiros